Inauguração do Museu de Penalva do Castelo

No passado dia 09 de Agosto, pelas 20h00, e por ocasião das Festas em Honra de Nossa Senhora da Misericórdia, a Santa casa procedeu à inauguração do Núcleo Museológico

Santa Casa da Misericórdia de Penalva do Castelo inaugura Núcleo Museológico, após a conclusão das obras de conservação e valorização do Património.

No passado dia 09 de Agosto, pelas 20h00, e por ocasião das Festas em Honra de Nossa Senhora da Misericórdia, a Santa casa procedeu à inauguração do Núcleo Museológico, um espaço de exposição do espólio da Instituição, que recorda o passado memorável dos cerca de quatro séculos de intervenção na comunidade. O núcleo é constituído por três salas. A primeira é composta por informação histórica e documental sobre a evolução desta instituição ao longo dos séculos; na segunda, intitulada Contempla a Paixão, aqui verás como nos ama, expõem-se peças especialmente utilizadas nas cerimónias da Semana Santa e na terceira, denominada Ele está vivo, podem ser contempladas peças utilizadas na celebração da Eucaristia, nomeadamente as alfaias e os paramentos das diferentes cores identitários dos vários períodos do calendário litúrgico. A visita foi orientada pela comissária da exposição, Dr.ª Fátima Eusébio, coordenadora do Departamento dos bens culturais da Diocese de Viseu, contando também com o contributo do Jovem Penalvense historiador André Lopes que procedeu à explicação da evolução histórica da Santa Casa de Penalva do Castelo.

O Núcleo Museológico está localizado no 2º piso da Igreja da Misericórdia, monumento ex-libris do concelho de Penalva do Castelo. Também no mesmo dia procedeu-se à inauguração de um presépio localizado na torre do evangelho, elaborado por cidadãos voluntários de Penalva do Castelo sob orientação do capelão da Misericórdia Padre José António.

Este projecto só foi possível edificar porque a Santa Casa da Misericórdia de Penalva do Castelo procedeu, através da Associação de Desenvolvimento do Dão (ADD), a uma candidatura ao PRODER, no âmbito do subprograma 3.2.1 – Conservação e Valorização do Património Rural, sendo o mesmo financiado pelo Fundo Social Europeu e Estado Português, em 60% do valor total do investimento. Através deste financiamento foi possível proceder a um conjunto de obras necessárias e urgentes na Igreja da Misericórdia, das quais se destacam: a substituição de diversas telhas partidas; recuperação e colocação de beirados; aplicação de hidrofugante; pinturas nas paredes junto ao altar, na sacristia, no hall de entrada, no acesso ao Núcleo Museológico, no coro e nas salas de apoio e de catequese; implementação de nova casa de banho; rampa, no exterior, destinada a pessoas com mobilidade condicionada; recuperação da escadaria e entrada principal da igreja; recuperação de salas de apoio.

Segundo o Provedor da Misericórdia, Michael Batista, “a conclusão e sucesso deste projeto deve-se em primeiro lugar ao empenho e determinação de todos os mesários (António Carvalho, Rodrigo Costa, Nestório Pinto e Madalena Cruz), com a colaboração indispensável dos colaboradores da Santa Casa e de profissionais externos à Instituição, com recurso ao financiamento do Programa de Desenvolvimento Rural (QREN 2007-2013)”.

O mesmo referiu ainda que “é um momento histórico para a Instituição, pela lembrança e homenagem prestada a todos os irmãos que ao longo de 400 anos trabalharam voluntariamente ao serviço do bem comum da comunidade do concelho de Penalva do Castelo, sendo ainda um projeto inovar que certamente contribui para o progresso e desenvolvimento cultural da nossa terra”. A Santa Casa contou também com o apoio da Câmara Municipal de Penalva do Castelo, da Junta de Freguesia de Ínsua e de outros benfeitores da Instituição.

O Núcleo Museológico irá estar aberto ao público no decurso das Festas do Concelho, entre as 20h00 e as 23h00, e posteriormente à sexta-feira, ao sábado e domingo, como horários a indicar brevemente. Para visitas guiadas e marcadas com três dias de antecedência o núcleo museológico abrirá em qualquer dia da semana.